Carta para uma amiga - é de chorar de rir!

Povooo do meu coração, eu sumi por um tempo né, mas tô de volta o/ , estudei um pouco [nao o suficiente pra passar- Aff] mas valeu a pena, foi muito bom, aprendi muito e o melhor, me deu gás pra continuar estudando porque os próximos virão, um dia é minha vez!, obrigada pelo carinho de todos vcs q vieram aqui, me deram força, tiveram paciência comigo, enfim: VALEU!!!] Agora pra num perder o costume, vamo rir um pouco, como eu fiquei muito tempo sem postar, vcs me darão um desconto pelo tamanho do post, mas digo q vale a pena ler, pq qd comecei num deu mais pra parar e ri demais, e eu num ia deixar vcs de fora né não? ráh! ;D vamo que vamo:

Amiga:

Conforme minha promessa, estou enviando um e-mail contando as novidades da minha primeira semana depois de ser transferida pela firma para o Rio de Janeiro. Terminei hoje de arrumar as coisas no meu novo apartamento.


Ficou uma gracinha, mas estou exausta. São dez da
noite e já estou pregada.

Segunda-Feira: Cheguei na firma e já adorei. Entrei no elevador quase no mesmo instante que o homem mais lindo desse planeta. Ele é loiro, tem olhos verdes e o corpo musculoso parece querer arrebentar o terno.
Lindooooo! Estou apaixonada. Olhei disfarçadamente a hora no meu relógio de pulso e fiz uma promessa de estar parada defronte ao elevador todos os dias a essa mesma hora. Ele desceu no andar da engenharia. Conheci o pessoal do setor, todos foram atenciosos comigo.
Até o meu chefe foi super delicado. Estou maravilhada com essa cidade.
Cheguei em casa e comi comida enlatada. Amanhã vou a um mercado comprar alguma coisa.

Terça-Feira: Amiga! Precisava contar. Sabe aquele homem de quem falei?
Ele olhou para mim e sorriu quando entramos no elevador. Fiquei sem ação e baixei a cabeça. Como sou burra! Passei o dia no trabalho pensando que preciso fazer um regime. Me olhei no espelho hoje de manhã e estou com uma barriguinha indiscreta. Fui no mercado e só comprei coisinhas leves:biscoitos, legumes e chás. Resolvido! Estou de dieta.

Quarta-Feira: Acordei com dor-de-cabeça. Acho que foi a folha de alface ou o biscoito do jantar. Preciso manter-me firme na dieta.
Quero emagrecer dois quilos até o fim-de-semana. Ah! O nome dele é Marcelo. Ouvi um amigo dele falando com ele no elevador. E ainda tem mais: ele desmanchou o noivado há dois meses e está sozinho. Consegui
sorrir para ele quando entrou no elevador e me cumprimentou. Estou progredindo, né? Como faço para me insinuar sem parecer vulgar?
Comprei um vestido dois números menor que o meu. Será a minha meta.

Quinta-Feira: O Marcelo me cumprimentou ao entrar no elevador. Seu sorriso iluminou tudo! Ele me perguntou se eu era a arquiteta que viera transferida de Brasília e eu só fiz: 'U-hum'... Ele me
perguntou se eu estava gostando do Rio e eu disse: 'U-hum'. Aí ele perguntou se eu já havia estado antes aqui e eu disse: 'U-hum'. Então ele perguntou se eu só sabia falar 'U-hum' e eu respondi: 'Ã-hã'. Seráque fui muito evasiva? Será que eu deveria ter falado um pouco mais?
Ai, amiga! Estou tão apaixonada! Estou resolvida!Amanhã vou perguntar se ele não gostaria de me mostrar o Rio de Janeiro no final de semana. Quanto ao resto, bem...ando com muita enxaqueca. Acho que vou quebrar meu regime hoje. Estou fazendo uma sopa de legumes. Espero que não me engorde demais.

Sexta-Feira: Amiga! Estou arruinada! Ontem à noite não resisti e me empanturrei. Coloquei bastante batata-doce na sopa, além de couve, repolho e beterraba. Menina, saí de casa que parecia um caminhão de lixo.

Como eu peidava! (nossa! Você não imagina a minha vergonha de contar isto, mas se eu não desabafar, vou me jogar pela janela!).


No metrô, durante o trajeto para o trabalho, bastava um solavanco para eu soltar um futum que nem eu mesma suportava.


Teve um momento em que alguém dentro do trem gritou: 'Aí! Peidar até pode, mas jogar merda em pó dentro do vagão é muita sacanagem!' Uma senhora gorda foi responsabilizada. Todo mundo olhava para ela,
tadinha. Ela ficou vermelha, ficou amarela, e eu aproveitava cada mudança de cor para soltar outro. O meu maior medo era prender e sair um barulhento. Eu estava morta de vergonha.

Desci na estação e parei atrás de uma moça com um bebê no colo, enquanto aguardava minha vez de sair pela roleta. Aproveitei e soltei mais um. O senhor que estava na frente da mulher com o bebê virou-se
paraela e disse: 'Dona! É melhor a senhora jogar esse bebê fora porque ele está estragado!'.


Na entrada do prédio onde trabalho tem uma senhora que vende bolinhos, café, queijo, essas coisas de camelô. Pois eu ia passando e um freguês começou a cheirar um pastel, justo na hora em que o futum se
espalhou. O sujeito jogou o pastel no lixo e reclamou:'Pó, dona Maria! Esse pastel tá bichado!'


Entrei no prédio resolvida a subir os dezesseis degraus pela escada.
Meu azar foi que o Marcelo ficou segurando a porta, esperando que eu entrasse. Como não me decidia, ele me puxou pelo braço e apertou o botão do meu andar. Já no terceiro andar ficamos sozinhos. Cheguei a me sentir aliviada, pois assim a viagem terminaria mais rápido. Pensei rápido demais. O elevador deu um solavanco e as luzes se apagaram.
Quase instantaneamente a iluminação de emergência acendeu. Marcelo sorriu (ai, aquele sorriso...) e disse que era a bruxa da sexta-feira.
Era assim mesmo,logo a luz voltaria, não precisava se preocupar. Mal sabia ele que eu estava mesmo preocupada.


Amiga, juro que tentei prender.
Mas antes que saísse com estrondo, deixei escapar.
Abaixei e fiquei respirando rápido, tentando aspirar o máximo possível, como se estivesse me sentindo mal, com falta de ar. Já se imaginou numa situação dessas? Peidar e ficar tentando aspirar o peido
para que o homem mais lindo do mundo não perceba que você peidou?
Ele ficou muito preocupado comigo e, se percebeu o mau cheiro, não o demonstrou.
Quando achei que a catinga havia passado, voltei a respirar normal.
Disse para ele que eu era claustrófoba. Mal ele me ajudou a levantar, eu não consegui prender o segundo, que saiu ainda pior que o anterior.
O coitado dessa vez ficou meio azulado, mas ainda não disse nada.
Abaixei novamente e fiquei respirando rápido de novo, como uma mulher em estado de parto.
Dessa vez Marcelo ficou afastado, no canto mais distante de mim no elevador.
Na ânsia de disfarçar, fiquei olhando para a sola dos meus sapatos, como se estivesse buscando a origem daquele fedor horroroso.
Ele ficou lá, no canto, impávido. Nem bem o cheiro se esvaiu e veio outro.
Ele se desesperou e começou a apertar a campainha de emergência.
Coitado! Ele esmurrou a porta, gritou, esperneou, e eu lá, na respiração cachorrinho.
Quando a catinga dissipou, ele se acalmou.
As lágrimas começaram a escorrer pelos meus olhos.
Ele me viu chorando, enxugou meus olhos e disse: 'Meus olhos também estão ardendo...' Eu juro que pensei que ele fosse dizer algo bonito.
Aquilo me magoou profundamente. Pensei:'Ah, é, FDP? Então acabou a respiração cachorrinho...'
Depois disso, no primeiro ele cobriu o rosto com o paletó.
No segundo, enrolou a cabeça.
No terceiro, prendeu a respiração, no quarto, ele ficou roxo.
No quinto, me sacudiu pelos braços e berrou: 'Mulher! Pára de se cagar!'. Depois disso ele só chorava. Chorou como um bebê até sermos resgatados, quatro horas depois.
Entrei no escritório e pedi minha transferência para outro lugar, de preferência outro País.

Apague este e-mail depois de ler, tá?
Sua amiga, Marie."

p.s. via -email, eu recebi.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

30 COMENTÁRIOS:

Anônimo disse...

Meu Deus coitado do cara uhasuhasuhuhasuhashuas
Deus que me livre :d :d :d
very good, very good
aeee a isy volto \o/\o/\o/\o/\o/ uhuuuu agora vo ri todo dia denovo haha
beijão flor/^^

Conde Vlad disse...

HAUHUAHUAHUAHUAHUAHUHAUA... de fato, eu chorei de rir literalmente. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Putz... na hora em que ele a segurou comforça e disse: "Mulher, para de cagar", eu não aguentei, interrompí a leitura para tomar fôlego. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK FODA FODA...

Linda, que pena que não conseguiu seus objetivos, mais eu gostei de ler que você buscou forças para continuar tentando. É assim que se pensa. Pense, com tantos estudos, você ficou mais inteligente não?

Beijos Gata.
Conde.

Guará Matos disse...

Caraca até eu estou com os olhos ardendo de tanto rir, hahahahahahaha!
Desculpe-me, puta que pariu que batata doce infeliz é essa, gente!

Que estória fantástica! Ou foi verdade?
Hahahahahahahahahahahahahahahaha!

Bjs.

Inside Me disse...

aiinnn, brigado leeehhh [agora eu sei q o anonimo é ela] ráh!
ai conde pode crer nessa parte eu tb macabei de rir, :d literalmente misericórdiaaaa! pense numa situação infeliz a pobe deve ter vontade de ter se matado :n
tensooo.
ah, foi bom sim, mais inteligente eu num sei, mas eu aprendi muito mais, ah aprendi estudei muita coisa,mas eles geralmente poem outras q vc jura nunca leu nada vida =O
ai guará, num sei se foi verdade nao viu, se foi quem escreveu deve ter aumentado um pouco, mas q eu quase choro de tanto rir isso foi a mais pura verdade... kkkkkkkkkkkk

Mulher na Polícia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Que situação!!!
kkkkk

Ótima!

Guará Matos disse...

Ah, estou lhe esperando no BLABLABLA NO TELECOTECO/ blablablanotelecoteco.blogspot.com, para um drink de alegria, Cultura, Arte e bom bate papo.

Bjs.

Paulo Braccini disse...

Ow my God ... se ficar ausente faz tão bem a ponto de voltar assim dá uma sumida de vez em quando ... kkkkkkkkkkkkkk

mijei aqui de tanto rir ... aff

delícia isto ...

sinceramente descabelei os cabelos q não tenho ...

bjux

:d

A.S. disse...

Querida,

Chorar não chorei... mas ri muitooooooo...!!!

BjO´ss
AL

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, mas sério, acho que ela preferiria até tirar uma identidade falsa após fingir a própria morte para esquer um mico deste...

Fique com Deus, menina Inside Me.
Um abraço.

Carla Farinazzi disse...

Noossa, adorei. Literalmente chorei de rir!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Chamei até a minha filha pra ler também, e ela não conseguia, de tanta risada. Obrigada, de verdade. Era o que eu precisava.
Um beijo

Carla Farinazzi

Allyne Alves disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH! Vou ter uma overdose de riso!!!!!! COITAAAAAAAAAAAAADAAAAAAAAAA!

Como nós somos malvadas. A moça sofrendo desse jeito e a gente aqui rindo! HAHAHAHAHAHA

beeeijoo linda...tava com saudades daqui

Serginho Tavares disse...

ai que saudades de você minha gatíssima
mas fico feliz que voltou e que esta tudo bem!

beijoooooooooos

Conde Vlad disse...

Mais aí... tava eu cá pensando com os meus botões.

Podemos considerar AMIGA essa mulher que não apagou este e-mail?

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Mais que FDP hein... Deuses... que isso sirva de lição. KKKKKKK Tem coisas que nem melhor amigo deve saber.

Beijos lindona.
Conde.

Inside Me disse...

kkkkkkkkkkkkkk, eitxa conde, vai q era verdade, eu mudei o nome da mulher até, vai saber... deixa marie mesmo, kkkkkkkkkkkkk coitada =\

Inside Me disse...

pauloooo, vc é demais, sempre me divirto com vc... essa história é daquelas q a gente ver e diz: meus leitores e amigos blogueiros tb precisam ler. kkk Afinal uma boa dose de riso faz bem à alma... nesse caso além de trágico é muito, mas muito cômico =x
A.S. valeuuu, rirr é a intenção ;]
carla, q bom q até sua filhota gostou... lynneee, meu bem, valeu demais tb, mas quem num ri né minha fia, rs.
daniel, meu querido beijos em ti... ^^

Reginaldo disse...

Que saudades!!! Querida, ótimo retorno. Pelo jeito voltou com gás,né? Estou torcendo aqui pelos próximos concursos.. BEIJO GRANDE

Pimenta disse...

Hahahaha, vou copiar e mandar para as amigas by mail, tá?
bjo

Ana Cavalcantti disse...

Oiiiiiiiiiii
Que falta que vc feeeeeeezzzzzzzz !!!!!!!!!
Ebaaaaaaaaaaaaa !!! Adoroooo !!
Ai li tudo e tenho uma pergunta técnica:
Será que aspirar o ar todo rapidamente funciona ???? hahahaha !!!
Só vc flor, pra me fazer ter forças para rir a essa hora de um domingo !!!!!!!!!!!! :i
Beijoooosssss e não pare de estudar nuncaaaaaaaaaaaaaaaaaa !!!!!!!!!!!!!!

Tatá disse...

It's too funny!
SHAIHSIAHUSHUISHIUAHUIHASHAHSUSAI
adorei meeeeeeeeeesmo!
beijinhos!

Dom Marcelon disse...

Meu Desu muito foda, eu imaginoa quia situação, e penso, só estou rindo porque não foi comigo heheheh

Mauri Boffil disse...

hahahahahahahaha, ai!

Cadinho RoCo disse...

Se tivesse ido pelas escadas...
Cadinho RoCo

Inside Me disse...

resp. 1 - quem vai arrumar um aspirador nessas horas, ana? kkkkkkk;
resp.2 - pimentaa, pode mandar sim, oras, é público aqui ^^
bjocas...

Luna Sanchez disse...

Aff, que micão! :y

Beijo, gatona!

ℓυηα

Ana Paula Duarte disse...

AHSUAHUSHAUAHUSHAUAHSU'
Adoro vir aki neste seu espaço e rir com coisas realmente interessantes e engraçadas!
E o layout está um mimo!
Adorei este e-mail e tenho amigas psicóticas a esse respeito...kkkkkkkkkkkk'
Estou em www.anaconfabulando.blogspot.com
Visite-me!Abração!

Criis Ribeiro disse...

Estou eu, em plena segunda-feira às 19:30, maquiada, prestes a sair (minha folga amanhã!!!) daí antes de ir, passo nos meu blog pra postar minha atual loirice e fuçar os blogs amigos e me deparo com essa situação!

Amiga, eu ri tanto... tanto que chorei...
Chorei meeesmo... coisa de escorrer lágrimas pelo rosto (untado de corretivo-base-pó) e escorrer meu delineador PRETO pelo rosto, derreter minha sombra e me ficcar parecendo um panda recebendo entidade de palhaço!

Yzzyy eu ri tanto que meu nariz intupiu...
Minha mãe veio me socorrer e riu mais ainda o que me deixou com cãimbra na barriga...

:d :d :d

Moral da história: Por favor, me mande sempre por e-mail essas pérolas pois isso salvou minha noite! \o/

P.s.: Neem saí... ahauahauhauahuahauhauaau
desisti... fiquei aki rindo que nem uma pateta a noite todinha... lendo e relendo esse texto fantástico!
Vou postar no meu blog, mandar por e-mail... enfim, fazer isso chegar aos 4 cantos... Pq rir faz muito beem!

Te adOro minha olhos de esmeralda!

:a

bjOs!

Inside Me disse...

jesusamadooooo, Crhis do céu,a ssim eu me acho, marminina, q pena pela sua festa, mas q bom q gostou e eu vou mandar pra vc por e-mail esas pérolas, ja tenho um em mente muito top, vc vai amar ^^ bjocas, e ana eu vou te visitar sim.. agora mesmo, kkkkkkkk

Rafael Gomes disse...

"Mulher pára de cagar..."

Maôr King Kong...
hauhauahuahuahuahaua

bjo

Anônimo disse...

isso aconteceu de verdade??? meldeus nao sei em quem ter mais dó se do homem ou da mulher...achu ki do rapaz srsrsrs...pôh os olhos dele estava ardendo srsrsrs choreiii de rir aki

J. Miguel disse...

Querida Amiga:
É uma grande honra que tenha gostado do texto "Minha Amiga Ana" a ponto de repassá-lo por e-mail e postá-lo em seu blog.
A nota entristecedora é que certamente recebeu sem autoria e, nada mais natural que o tenha postado também sem autoria.
Todavia, todo filho, por mais feio, sempre tem um pai.
Este e outros textos do mesmo autor - inclusive de humor - podem ser encontrados em http://www.escrita.com.br/leitura.asp?Texto_ID=122.
Sinta-se desde já autorizada a postá-los, mantendo a autoria.
Um grande e afetuoso abraço e Feliz Novo Ano.
J. Miguel

Postar um comentário

deixe aqui seu comentário \o/